terça-feira, 27 de abril de 2010

Bonde

Não, doutor, ele sabe que não vai se matar, mas chegou perto. Na verdade, acho que nem era para ser suicídio. Ele estava mais era se deixando morrer. Não, doutor, eu já disse. Ele não tem coragem. Pro senhor ter uma idéia, ele atravessa a rua olhando pros dois lados, isso, até em via de mão única. Quem quer morrer não se preocupa com isso, doutor. Se o bonde pegar, pegou.

____________________
Fragmento encontrado nos meus arquivos.
Quem me lê, por favor, clique aqui e comente lá...

Um comentário:

  1. "Se deixar morrer"... Uma forma de suicídio disfarçado.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário.